"Quando a última árvore tiver caído, quando o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, todos vão entender que dinheiro não se come". ( VALDOMIRO MAICÁ)

sábado, 12 de novembro de 2011

primeira plataforma de ativismo digital do Brasil com foco em meio ambiente


Lançada primeira plataforma de ativismo digital com foco no meio ambiente: 

Créditos: Revela Baseada na tecnologia da plataforma Ushahidi, de software livre, utilizada para o mapeamento de situações de perigo, em emergências ou calamidades (usada pela Cruz Vermelha no terremoto do Haiti, por exemplo), foi lançado no início do mês de novembro de 2011 o site Revela, primeira plataforma de ativismo digital do país. que permite a inclusão de informações simultâneas, e em tempo real, por qualquer pessoa que disponha naquele momento, de um telefone ou computador.

A intenção da Revela é construir, de forma colaborativa, um mapa georreferenciado que alerte para informações sobre desmatamento, queimadas, contaminações de rios, de solo e ameaças às espécies em extinção, para citar alguns exemplos.

A iniciativa partiu de um grupo de comunicadores e artistas e ganhou o apoio das ONGs Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) e do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), bem como de David Kobia, o desenvolvedor da Ushahidi, listado pela revista Technology Review, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), como uma das 35 pessoas mais inovadoras do mundo.

O lançamento da plataforma foi acompanhado de três filmes, que estarão nas redes sociais, na web e na MTV, para explicar como funciona e mobilizar o público jovem. Tais filmes podem ser acessados por meio do link vimeo.com/30072405.

"Queremos tocar principalmente o público jovem, muito sensível às causas socioambientais, mas que tem poucos canais para exercer seu ativismo e colocar suas propostas", diz uma das idealizadoras da plataforma, Maria Zulmira de Souza, jornalista especializada na área e conselheira de sustentabilidade em empresas privadas e ONGs. "O que estamos propondo é que as pessoas usem a tecnologia para participar da construção da informação e, dessa forma, fortalecer a cidadania e a democracia", explica Luís Fernando Guedes Pinto, gerente de certificação do Imaflora e articulador institucional da iniciativa.

O georreferenciamento da Revela será feito pelo Imazon: "A plataforma Revela vem para integrar o conhecimento de campo, que será enviado pelas pessoas, com as informações extraídas de dados de satélite. Dessa forma vamos poder entender melhor as pressões ambientais e as soluções que estão sendo aplicadas para resolver os danos", explica Carlos Souza Jr., coordenador e pesquisador sênior do instituto.

Ser um colaborador digital é extremamente simples. Ao acessar o www.revela.org.br, encontra-se o mapa do Brasil, no qual se pode postar informações de texto, fotos ou vídeos, por SMS, diretamente no site ou por aplicativos. A Revela poderá ser acompanhada por meio de mídias móveis, Twitter, Facebook e outras redes sociais. As informações serão filtradas e identificadas por "verificadas" e "não verificadas". Em seguida, serão dispostas em forma de gráficos e poderão ser localizadas no site por temas ou localizações geográficas.

FONTE   - Instituto Ethos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

siga o blog